04:12

O que eu não entendo

Postado por: Natu |


Eu já disse alguma vez que não entendo a atitude de algumas pessoas? Sim, acho que já. Bom, gostaria de debater com vocês uma coisa, comentaram comigo isso e eu fiquei tão chocada que resolvi trazer pra cá e saber se alguém já passou por algo parecido, ou se passasse, o que faria.
É mais ou menos o seguinte: uma guria namora já há algum tempo, eles se gostam, aparentemente muito mais ela do que ele, ela faz DE TUDO por ele, o trata super bem e faz questão de escancarar esse amor aos quatro ventos, de todas as formas, inclusive pra ele, muitas vezes pessoas próximas a aconselham a não fazer tanto por ele, pois ele não merece. No fundo ela sabe disso, mas o amor que ela sente, parece ser maior do que qualquer sofrimento que ela passe.
Ele, ao contrário dela, é sempre indiferente, não a trata com carinho, não dá carinho... não pega na mão, não cumprimenta com um beijo, não a abraça, essas coisas normais em qualquer casal... parece que faz de tudo pra esconder ela do mundo dele, a trata super friamente na frente dos outros, ela não sabe se ele tem vergonha dela, se ele simplesmente não quer compromisso mas não sabe como dizer, se ele não sabe como agir em um relacionamento... ela não sabe. Simples assim.

Me contou que há alguns dias tentou conversar, expôs tudo isso que eu comentei, tudo o que estava ruim. Ele entendeu, concordou que agia assim, disse que gostava demais dela e que jamais a intenção dele seria fazer algum mal a ela, jamais queria fazê-la sofrer, mas que não podia dizer que iria mudar, pois estaria mentindo. Disse que talvez fora um erro começarem a namorar (o que no fundo ela também pensava, mas não tinha coragem de dizer e muito menos cogitar o término).

Após uma crise de choro, ela meio conformada pergunta a ele se então ele quer terminar. Eis que ele responde que NÃO! Ela concorda e refaz os comentários, dizendo que não pretendia que ele fosse perfeito, mas que ao menos ele quisesse tentar melhorar, afinal uma relação é feita por duas pessoas. Ele voltou a dizer que não daria, e que ela decidisse se valia a pena estar com ele, ela sabia o que era melhor pra ela e ele a fazia sofrer.

Pra terminar, ela ficou sem ação, não sabia se feliz por ainda estar com ele ou se chateada por saber que é assim ou nada.
Ela soube que ele estava mal, ela foi ver o que ele tinha e disse que ele desabafasse, pois ela estava ali. A resposta dele foi 'não'. Curto e grosso [ uuui ]. (Ele não se abre com ela, em hipótese alguma)

Então... o caso deles é problemático. E se agrava por ela amar tanto ele, e aparentemente ele não estar nem ae meesmo. Diz ela que quando se conheceram ele era diferente, até criticava ela em alguns aspectos (que hoje ele faz igual), e com o passar dos tempos ele foi ficando assim, frio, indiferente, mas ao mesmo tempo diz gostar tanto dela (só não sabe demonstrar ¬¬'). Ao que parece ela não pretende nem pensar na hipótese de terminar, e ele também não parece muito favorável a mudanças...

Alguém já passou por isso? Soube de alguém que viveu algo parecido? Tem algum conselho pra essa minha pobre amiga?
O caso dela me comoveu, de verdade... como amiga fiz o meu possível, e todos sabemos o quanto é difícil aconselhar alguém nesses casos, ainda mais quando a pessoa só quer uma solução. Como eu disse no início do post, eu não entendo as pessoas, não sei porque alguém faz esse tipo de coisa.

6 comentários.:

Drika disse...

Isso aocntece com muita gente, Naty.

Mas faz assim, fala pra essa tua amiga o que eu vou dizer agora, ok?
Ela tem que se perguntar algumas coisinhas pequeninas, mas que vão fazer ela pensar muito nessa relação.

1º: ele merece mesmo todo esse amor e preocupação?
2º: tu conhece outra pessoa que mereça?

Se tu não conhece outra pessoa que mereça, nada mais normal do que tentar fazê-lo valer isso. Agora, se ela está perdendo tempo, amor e felicidade que podia ter com outra pessoa, talvez seja hora de colocar esse sentimento na balança, ver o que mais a recompensará, pra, enfim, decidir se chuta ou não.

Se ele não se comporta como um namorado, será que ele merece que ela se comporte também?

Se ele não prova sentir amor, ela deveria desperdiçar o amor dela com ele?

Se ela acha que deve, sim, amar aquele asno, aquele tapado que vive ignorando ela e se fazendo de louco, ela pode amar sim. É o amor dela, ela faz o que quiser com ele. Se ela acredita que um dia pode dar certo, apesar de tudo isso, ela que se jogue. Depois não terá do que se arrepender, pois ela tentou ao máximo!

ajudou a tua amiga, Naty?

Menos disse...

Pois é, eu sei que amor não se controla nem se desloca, mas às vezes não notamos quando vem alguém querendo isso de ti e tu perde tempo com alguém que nem te merece (ou que tu não merece, se vir tal pessoa como uma punição).

Diz isso pra tua amiga :)

Por sinal, assino embaixo no que a Drika disse, apesar de que isso independe de gênero.

Drika disse...

Oba, mais alguém concorda com a Drika!

O pior de tudo é que eu sou ótima nas teorias amorosas e péssima em relacionamentos...


Ah pois é...

Ivan Sgarabotto disse...

bom saber disso Drika.

Drika disse...

~ ~ ~

Natureza disse...

Não é só tu, Drikah... eu tb faço muito na teoria e costumo ajudar teoricamente todo mundo (se elas vão seguir o que eu digo/sugiro, é com elas), mas na prática a coisa muda.

Mas... eu concordo com vcs, o problema não é ela saber o que deve fazer (no fndo a gente sempre sabe, só não admite ou não tem coragem de fazer), mas sim tomar uma atitude...
enfim...

Postar um comentário

Tua vez de falar agora!

Subscribe