Enviamos nossa correspondente especial Naty Dartora para Vancouver, acompanhar de pertinho e no friozinho os jogos da Olimpíada de inverno. A moça voltou hoje, mais gelada que picolé no Alasca, completamente apaixonada pelas vassourinhas frenéticas do jogo do momento: Curling.

Questionada sobre o porquê de não ter enviado nenhuma notícia esse tempo todo, ela explica que estava com um jogador da seleção sueca de curling, justamente aquele loirinho maravilhoso que fez o ponto do "end" final do jogo, garantindo a medalha de bronze ao time. E nessa montanha sueca de frio e de loucura, não tinha tempo para nos escrever sobre a Olimpíada de Inverno.

Tentei ainda saber detalhes dos esportes mais interessantes da Olimpíada, quando ela diz: "Não gostei de nada, ficava put* da cara quando alguém ficava comentando sobre os trecos. Só se falava nisso de madrugada..."

Concordo, com um sueco louro daqueles, eu é que não ia querer saber dos jogos. Fique com a foto da seleção de curling da Suécia (o loirinho é o do meio :x) .

E ano que vem voltamos com a cobertura completa da Olimpíada Panamericana, direto do México.

3 comentários.:

Natureza disse...

Desgraçada, não era pra contar o que aconteceu nas minhas horas de folga!

A falta de informações foi por problemas técnicos, nada de mais! ^^

Drika disse...

HORAS DE FOLGA?

A galere aqui se matando pra pagar tua viagem pra tu fazer uma cobertura elgal e posts decentes e tu me diz que tava de folga?

Já pro RH!

Natureza disse...

Eu disse HORAS,não dias!
Uma trabalhadora como eu precisa de um intervalo, ou não? ò.ó

Postar um comentário

Tua vez de falar agora!

Subscribe